Crowdestor: Vocabulário conta… para maior Transparência

S4F Estado Financeiro Crowdestor @ Savings4Freedom
A Crowdestor quer ser a plataforma P2P líder para empréstimos a empresas na Europa. Resolvendo problemas antigos de transparência está a ir na direcção certa.

Entre as maiores críticas que as empresas de P2P recebem está a abordagem agressiva de marketing, na fronteira do legal. Tirando o máximo proveito da baixa literacia financeira da maioria dos investidores em empréstimos P2P para apresentar os significativos riscos decorrentes deste tipo de investimentos de maneira mitigada. A Crowdestor tinha vindo a seguir esse caminho. Não mais. Com a nova abordagem, a Crowdestor está a ir na direção certa.

Crowdestor: Ponto de Situação

O Janis Timma está entre os CEOs de plataformas P2P que mais tem trabalhado de forma pessoal com a comunidade de investidores, mostrando toda a sua ambição em criar a plataforma P2P líder no investimento em empréstimos empresariais no espaço Europeu. Para atingir esse objectivo, a equipe da Crowdestor está a promover grandes mudanças que têm um impacto significativo na forma como os investidores podem avaliar riscos. A Crowdestor está entre as plataformas P2P que foram capazes de construir uma forte comunidade de investidores que lhe permitiu superar o período do COVID-19 permanecendo fortes. Na realidade, a Crowdestor promoveu uma iniciativa de angariação de fundos para financiamento directamente dos investidores para financiar o seu crescimento. Tal como a PeerBerry, ou a Robo.cash, através de maior transparência financeira, pela presença estável do CEO em comunicação direta com os investidores e pela manutenção da capacidade operacional para agregar valor ao seu ecossistema, a Crowdestor tem vindo a crescer.

Fundos de Previsão e Garantias de Recompra: Apenas Marketing?

A falta de regulamentação na indústria P2P permite que sejam usadas estratégias de marketing menos transparentes por plataformas que desejam oferecer aos investidores “opções de investimento seguras”. Isso resulta peça dificuldade em verificar quer os fundos de provisão ou as garantias de recompra que são oferecidas para “salvaguardar” o teu dinheiro no caso de um projecto falhar.

A realidade é que a maioria dos designados fundos de provisão e garantias de recompra são apenas marketing, apoiados apenas por palavras vazias de valor. Oferecer uma garantia de recompra está entre as principais ofertas que os investidores exigem de uma plataforma P2P. Mais uma vez, sem supervisão regulatória, é fácil para as plataformas P2P apresentar essa oferta sem que tenham de apresentar real capacidade de cobrir essas garantias.

Crowdestor: Do Marketing para a Realidade

A abordagem seguida inicialmente pela Crowdestor foi oferecer um Fundo de Garantia. E as palavras são importantes… pois ao oferecer um fundo de garantia, a maioria dos investidores acreditou, sem verificar que seus investimentos seriam cobertos em caso de não pagamento, mesmo que a Crowdestor tenha sido relativamente clara, que esse não era o caso.

O Cálculo da Verdadeira Garantia oferecida pelo Fundo de Garantia:

Em caso de não pagamento de um projecto, o valor total do empréstimo financiado seria convertido numa percentagem do valor total de todos os empréstimos pendentes na plataforma. A quantidade de fundos resultante seria então dividida entre os investidores desse projeto com base nas suas contribuições individuais. Vê o exemplo abaixo:

  • O valor do projecto financiado: 100’000 EUR
  • O valor total de empréstimos sobre gestão na plataforma: 20’000’000 EUR
  • Valor do Fundo de Garantia: 360’000 EUR

1) 100’000 / 20’000’000 = 0,5%
2) 360’000 x 0,5% = 1’800 EUR

Desta forma, o valor total de 1’800 EUR seria dividido e distribuído pelos investidores de forma proporcional aos valores investidos no projecto que falhou o pagamento. Isto representa uma perda de cerca de ~98% para os investidores. Não é um investimento brilhante para um investimento P2P, certo? Mas a Crowdestor apresentou o risco associado aos seus projectos dessa forma, mesmo que de uma forma não tão clara, e não afastou investidores.

O problema é que a maioria dos investidores não entende o significado do que é apresentado de maneira tão clara nos números acima… e esse é o verdadeiro problema.

Do Fundo de Garantia para o novo Fundo de Provisão

De forma a melhorar a transparência dos riscos associados a investir, a Crowdestor decidiu mudar o nome do Fundo de Garantia para Fundo de Provisão. Mas, ao mesmo tempo, A Crowdestor também alterou a fórmula de cálculo, diminuindo os custos para a Crowdestor no processo, mas aumentando em cerca de 10x o valor de recuperação por projeto para os investidores.

“As taxas globais de falência dependem fortemente do modelo de empréstimo e da categoria de risco do mutuário. Enquanto a taxa média de falências na indústria P2P é de cerca de 12%, as plataformas P2B são consideradas mais seguras, e com uma taxa média de falência nas plataformas P2B varia entre 1% e 10%. No cálculo do valor a ser reembolsado pelo nosso fundo de provisão, o valor usado é de 10%.

Comunicação sobre o Fundo de Provisão da Crowdestor

O Cálculo da Verdadeira Garantia oferecida pelo Fundo de Provisão:

  • O valor do projecto financiado: 100’000 EUR
  • O valor total de empréstimos sobre gestão na plataforma: 20’000’000 EUR
  • O valor do Fundo de Garantia: 360’000 EUR

1) 20’000’000 x 10% = 2’000’000
2) 100’000 / 2’000’000 = 5%
3) 360’000 x 5% = 18’800 EUR

Portanto, nesse caso, o valor total de 18’800 EUR será distribuído pelos investidores de forma proporcional aos valores investidos por eles no projecto que falhou o pagamento. Isto representa uma perda de cerca de ~80% para os investidores. Uma melhoria, certo?

Mas entre os aspectos mais interessantes partilhado no anúncio desta medida, a Crowdestor vai passar a dedicar uma comissão de 0,5% de cada novo projetos financiado através da plataforma ao Fundo de Provisão. Antes desta medida, a quantia estava mais próxima de 1%. Esta é uma poupança significativa para a plataforma e vai reflectir-se numa taxa de crescimento mais baixa para o Fundo de Provisão.

N26 The Mobile Bank @ Savings4Freedom

A Crowdestor declara que “nunca houve uma intenção de enganar os investidores e é importante que os investidores entendam que o valor investido pode não ser reembolsado no seu valor total“. De qualquer forma, este anúncio é um movimento positivo para evitar erros por parte dos investidores e aumentar a transparência sobre os riscos reais associadas às elevadas taxas de juros que a plataforma oferece. Uma advertência significativa para o futuro da indústria.

Qual é a tua opinião sobre a Crowdestor?

A Crowdestor está entre os meus vícios. Conheço os riscos, mas gosto da abordagem agressiva seguida pela plataforma para crescer. Irei reduzir a minha exposição ao longo do tempo, mas para quem procura uma experiência de investimento “selvagem”, é definitivamente uma das melhores opções disponíveis no momento. Qual a tua opinião pessoal sobre o futuro da plataforma? Vai decidir investir ou evitar de todo? Porquê? Será muito interessante saber a tua opinião sobre esse tópico.

Bónus de Inscrição

No caso de usares o meu link de referência para investires na Crowdestor recebes 0.5% em cashback em todos os investimentos realizados nos primeiros 180 dias

Queres aprender mais sobre a Crowdestor?

Crowdestor Banner @ Savings4Freedom
Lê todos os artigos sobre a Crowdestor clicando na imagem acima

Alternativas e Competidores da Crowdestor

Emprestimos P2P Imobiliário @ Savings4Freedom
Emprestimos P2P Empresas @ Savings4Freedom
Emprestimos P2P Consumo @ Savings4Freedom


Queres receber notificações sobre novas publicações? Acompanha a Savings4Freedom no Telegram ou por WhatsApp. Em alternativa, segue a Savings4Freedom através das ligações apresentadas abaixo. Obrigado!


O blog contém links afiliados. Conhece mais sobre este tópico na Advertência.

2 Shares:
1 comment

Partilha a tua opinião sobre este tema!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

You May Also Like